Essa história tem uma fonte segura?

Para desvendar esse mistério, nossas fontes que afirmam ser testemunhas oculares de que um padeiro bêbado fez o primeiro pão de torresmo não estão na ativa atualmente. Em 1999 o acesso à internet era muito restrito e não haviam mecanismos de pesquisa como hoje, então as primeiras fake news já eram contadas pelos padeiros e confeiteiros mais velhos.
Reza a lenda que um padeiro trabalhava sozinho à noite e a ele era confiado toda produção para que a padaria abrisse pela manhã, inclusive a chave da porta e a autonomia de trabalhar sem supervisão.
Mas num belo dia, se aproveitando de suas “regalias”, o cidadão passou num barzinho, jogou bilhar, “bebeu todas” e comeu muito torresmo.

O princípio do desastre

Mesmo “mais pra lá do que pra cá”, seu instinto o levou para a padaria. Logo que começou a trabalhar, se enjoou ao olhar aquela masseira enorme girando na sua frente. Então regurgitou toda sua refeição feita no barzinho.
Sem noção do que fazia, terminou seu trabalho “emporcalhado”, mesmo.
Pela manhã chega todo mundo, e o padeiro está lá, em coma alcoólico.

Confusão generalizada

As balconistas estranham o aspecto do pão, mas decidem ignorar e começar o trabalho, que quando foi percebido pelos proprietários, já era tarde demais.
Punições foram aplicadas, alguns pães ainda daquele desastre foram jogados fora e agora todos aguardavam pelo pior.
No dia seguinte todos estavam apreensivos e ninguém olhava o primeiro cliente nos olhos… Então a balconista sussurra um bom dia meio tremulo, e para sua surpresa, o cliente pergunta se tinha aquele pão de torresmo do dia anterior. Pra “melhorar” a situação, todos clientes também assim o fizeram.
A partir desse dia o pão de torresmo se tornou uma atração “na minha cidade”, e agora passou a ser feito dentro dos padrões de higiene, sem que os clientes jamais soubessem que um padeiro bêbado quem fez o primeiro pão de torresmo.

Conclusão

Já ouvi a mesma historia envolvendo o pão de frios, e tenho certeza que em qualquer cidade e região que tu estejas, já ouviu falar sobre a mesma historia com o nome de uma padaria local, com supostos envolvidos e que aconteceu na sua cidade.
Mas fiquem tranquilos, pois ao que tudo indica, não passa de uma “conversa jogada fora” que se repetiu por muitos anos e se tornou uma lenda urbana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.